Nosso blog recebe prêmio!!!

Apesar de pouco tempo de criação, a JUBRAC aqui do Alto Tietê/SP agradece ao blog JUBRAC Acre do amigo Nick que nos indicou esse prêmio.


O Prêmio DARDOS, vem reconhecer o desempenho de blogueiros, no campo cultural, criativo e ético, tem também como objetivo estreitar os laços, diminuindo assim, ainda mais as barreiras à comunicação e à amizade.Com o Prêmio DARDOS, se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.Esse selo foi criado com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.Regras para o Prêmio Dardos:1. Aceitar exibir a distinta imagem acima.2. Linkar o blog do qual recebeu o prêmio.3. Escolher quinze (15) blogs para entregar o “Prêmio”.

Vamos começar a indicar os blogs...
Bjus e fiquem com Deus...

Lilian (Alto Guaianazes) Kleber (Braz Cubas)

Jubrac no Playcenter 2009

video

Pessoal, vem chegando: Jubrac no Playcenter 2009!! Concerteza será muito bom!!!!

Encontrão JAT: o Caminho para o Avivamento





PIC-NIC DA JUBRAC

Meus queridos, dia 21/12 à partir das 09:00s no Parque Centenário (Próximo à Furnas e ao Habbib´s) vai acontecer o PIC-NIC da Jubrac Regional. Mais um evento onde estaremos celebrando a Unidade em Cristo Jesus.
Muitos louvores, brincadeiras e diversão esperam você e a Jubrac da sua igreja e claro, se você puder levar algum amigo seu que não conheçe a Jesus, ele será muito bem vindo!!!!!!
Traga seu lanche, seu amigo, bola ou qualquer outro tipo objeto para brincar!!!!
Esperamos você!!!!!

ENCONTRÃO REGIONAL JUBRAC 2009

Preparem-se pois dia 31/01/2009 será o nosso primeiro encontrão de 2009 e Deus fará maravilhas neste dia, então não perca e traga também um amigo para que ele conheça o motivo da nossa alegria e da nossa força: JESUS!!!! Mais informações no decorrer do mês de Dezembro.


Não Seja Apanhado de Surpresa

Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vem a dor do parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão. Mas, vós, irmãos, não estais em trevas, para que esse dia como ladrão vos apanhe de surpresa. I Tes. 5:3 e 4.
Quando nosso filho Steve nasceu, Vesta e eu morávamos em Manaus, junto ao rio Amazonas. Nossa casa situava-se nos arredores da cidade. O serviço de ônibus urbanos parava às 10 horas da noite e recomeçava às 4 da manhã. Não havia telefones por perto. Ao aproximar-se o tempo da chegada de Steve, consegui localizar três telefones cerca de um quilômetro e pouco de nossa casa, para alguma eventualidade. Assim mesmo, fomos apanhados de surpresa.Não que não tivéssemos feito planos para a chegada de Steve. Nós fizemos. Mas ele não nasceu quando esperávamos que nascesse. As dores do parto começaram à uma e meia da madrugada. Eu me vesti e corri para o primeiro telefone tão rápido quanto conseguia. Era a casa de uma parteira. Bati palmas, como era costume. Como eu continuasse a bater, alguns vizinhos acordaram e me informaram que ela estava de férias.Corri até uma loja onde havia telefone. Estava fechada, claro! Então percebi uma luz que brilhava por trás da porta de uma padaria. Bati palmas, expliquei a emergência aos dois empregados e pedi permissão para usar o telefone. Eles se desculparam, mas eu teria que pedir licença ao patrão, que morava na esquina. Corri até a esquina. Minhas palmas devem ter causado mau humor no patrão, pois quando expliquei minha aflitiva situação e pedi licença para usar o telefone, ele me disse com termos bem explícitos que ninguém usaria o telefone dele àquela hora da noite e bateu a janela com força.A essa altura eu estava desesperado. Finalmente, encontrei alguns homens que tinham estado bebendo até tarde e haviam chamado um táxi. Quando lhes expliquei a situação, com boa vontade me permitiram usar o táxi que haviam chamado. Quando entramos no hospital, era quase tarde demais. Steve nasceu cinco minutos depois de termos chegado!Seja quando for, a segunda vinda de Cristo apanhará a maioria das pessoas de surpresa. Você não precisa deixar que isso lhe aconteça, se estiver sempre pronto para o Seu retorno (ver S. Mat. 24:36-44).
Por Kleber Oliveira


Medo de Cair

Ora, Aquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da Sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. S. Judas 24 e 25.
Aninhado num penhasco de cem metros de altura, em Portugal, encontra-se um velho mosteiro. Em 1946, meus pais visitaram aquela impressionante estrutura enquanto esperavam vistos de entrada para Moçambique, então uma colônia portuguesa. Para chegar ao topo, mamãe e papai tiveram de ser amarrados a uma grande cesta de vime. Vários monges os içaram por uma roldana e uma corda presa à cesta.Conta-se que uma vez um turista, tendo-se acomodado confortavelmente na tal cesta para o precário passeio, perguntou a um dos monges com que freqüência a corda era substituída. "Toda vez que ela se rompe", respondeu o monge.
Se nossa vida depende de algo ou de alguém, queremos ter a certeza de que essa pessoa ou coisa não nos vai deixar "cair" num momento crítico. Assim é a nossa natureza. Nada de origem humana poderá manter-nos em pé para sempre. Mas no âmbito espiritual há Um que pode, se Lho permitirmos. A promessa é segura: "O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo de ti estende os braços eternos." Deut. 33:27.
Por Kleber Oliveira